Casa Residência Parque Imperador Bragança Paulista

Taboão - Bragança Paulista (SP)

Casa em condomínio Semi-Mobiliado(a), 3 dormitórios ( sendo 3 suítes ) com 360,00 m² de área total, 4 vagas de garagem, para venda. Taboão, Bragança Paulista (SP)

R$ 1.985.000,00

REF. CC0472

  Ficha de Impressão


Descrição do Imóvel



Localização privilegiada, em frente ao Lago do Taboão um dos mais lindos cartões postais da Cidade

Casa nova de alto padrão mobiliada no Condomínio Parque Imperador em Bragança Paulista!

Esta belíssima casa conta com três suítes, armários planejados e modernos, iluminação em LED e ambientes amplos, persianas automatizadas ,uma belíssima sala de estar integrada na sala de jantar, com pé direito alto, iluminação natural e rica em iluminação de LED, uma varanda com uma bela vista para a natureza, ,painel com rack planejado e moderno, um teve de 60 polegadas, na sala de jantar possui um claraboia trazendo um toque especial e muita claridade, cozinha em conceito aberto com uma belíssima ilha, área gourmet toda equipada, piscina com cascata, sauna, churrasqueira, garagem para 4 carros, home office, quarto de despejo e banheiro na parte de baixo.

Não perca essa oportunidade de viver com luxo e conforto! Entre em contato para mais informações





Dados Básicos

Tipo de Imóvel - Casa em condomínio Categoria - Residencial Nº de dormitórios - 3 (Sendo 3 suítes) Mobiliado - Semi-Mobiliado(a)

Detalhes da Venda

Preço de Venda - R$ 1.985.000,00 Observações - Valores sujeitos a alteração

Medidas

Área Total - 360,00 m² Área Privativa - 260,00 m² Área do Terreno - 360,00 m² Área Construída - 260,00 m²

Detalhes Gerais

Detalhes da Garagem

Nº. de vagas na garagem - 4

Detalhes Ambientes

Resumo

Ambientes - Área de serviço, Área externa, Cozinha, Sacada, Sala 1, Sala 2

Localização

Estado - São Paulo Cidade - Bragança Paulista Bairro - Taboão

Simuladores de Financiamento



Simulador Banco do Brasil
Simulador Banco do Itaú
Simulador Banco do HSBC
Simulador Banco Caixa
Simulador Banco do Bradesco
Simulador Banco do Santander